O que fazer em Munique

Turismo em Munique – Roteiro de 1 dia em Munique

Com certeza um dia em Munique é… apertado.
Mas se é o que você tem, então vai ter que ser o suficiente! rsrsrs

Costumo dizer que um bom planejamento, aliado a pouco peso, quase sempre resulta em boas memórias, belas fotos e zero estresse. Sendo assim, em seu Turismo de um dia em Munique, procure respeitar os horários do seu transporte (sempre planeje chegar adiantado pelo menos 30min para trens e ônibus, 1h para vôos nacionais e 2h para os internacionais), lembre-se de somar o tempo de deslocamento até a Estação de Trem, ônibus ou aeroporto (da Estação Central-Hauptbahnhof para o Aeroporto leva de 45min à 1h de deslocamento), e divirta-se! 

Vamos para o seu Roteiro de um dia em Munique?

Planejamento!

  • O que fazer?

Para períodos curtos, sempre recomendo dar uma olhada geral nas atrações e ver as que você mais gostaria de fazer e depois concentrar nos arredores. Evite grandes deslocamentos e tente terminar próximo de um transporte público. Temos dicas no final deste Post!

Fazer um Turismo em Munique, com alguma empresa ou serviço, também acho bacana para otimizar o tempo. E é claro que recomendamos o nosso Tour em Munique – Centro Histórico ou o Tour Personalizado! 😉

Mas se você quer fazer por conta própria, veja as 10 atrações que consideramos imperdíveis em Munique, nos links abaixo:

Como sabemos que o tempo (sol, chuva, neve, vento…esse tipo de tempo) pode ser um fator decisivo, lembre-se de observar se as atrações que você escolheu possuem um mínimo de abrigo para os dias mais fechados. O frio por aqui pode ser desconfortável.

 

  • O Deslocamento

Se deslocar em Munique é muito simples. O sistema de transporte é ótimo e, como não tem catraca, depois da compra do ticket certo, é só subir, viajar e descer!

Para um dia de passeio na cidade, recomendamos a compra do ticket para o dia, que vale para todos os transportes públicos. Mas observe que, se você optar por fazer um passeio na Cidade Velha (Altstadt), não tem problemas em caminhar e vai chegar e sair pela Estação Central (Hauptbahnhof), talvez nem seja preciso usar o transporte público.

Mas, caso você venha do Aeroporto, recomendamos o Ticket do dia do Aeroporto, que vale até às 6h do dia seguinte e serve para todos os transportes públicos de Munique. Veja como comprar aqui neste Post.

Dica de ouro: Se você está viajando com mais de uma pessoa, procure pelos tickets de grupo (até 5 pessoas). A economia é grande e eles existem tanto para o ticket diário como para o ticket do Aeroporto.

 

  • Se livrando do peso

Fazer um Turismo por Munique de um dia com malas ou mochilas pesadas, é furada!
Mas isso não é um problema. A cidade possui guarda volumes em quatro estações de trem diferentes e também no Aeroporto. 

Saiba onde ficam e quanto custam neste Post aqui: Guarda-Volumes em Munique

 

  • Opções de Roteiros

Como sabemos que é difícil agradar a gregos e troianos e, como as opções de passeios em Munique são diversificadas, preparamos 3 roteiros diferentes.
O primeiro é para os fãs de História e Cerveja; o segundo para os fãs de esporte e carros e; o terceiro para os fanáticos por futebol.

Roteiro 1Altstadt  (Cidade Antiga ou Centro Histórico)

Chegando em Munique, pela Estação Central (Hauptbahnhof), pegue a saída para a Bayernstraße e siga para a Karlsplatz (mantenha suas costas para a Estação Central).

Chegando no Ponto de Partida – Roteiro 1

Chegou na Karlsplatz? Então agora vamos bater perna!

A Karlsplatz-Stachus é uma importante praça em Munique que possui um dos três Portões para a Cidade Antiga, além de acesso a diversas linhas de transporte, variado comércio (inclusive com um shopping no subsolo com drograrias, lojas de roupas, cafés, supermercados e locais para almoço) e um belo chafariz. Dela é possível avistar a belíssima construção do Bayerisches Justizministerium (Ministério da Justiça da Baviera) e, funciona como Palácio da Justiça desde 1799.  
Foi por este portão que as forças de Napoleão “adentraram” em Munique, também em 1799.

Dica de ouro: Tem um banheiro público na estação Karlsplatz que custa € 1 e na praça, já no nível do solo, tem um McDonalds com banheiro no segundo andar.

Passe pelo portão e siga pela Neuhauserstraße. Esta é a rua mais movimentada de Munique e possui a maior quantidade de lojas da cidade.
Até chegar na Marienplatz, você passará por diversos pontos importantes. Todos a sua esquerda. E eles são: Bürgersaal (pequena igreja Jesuíta. Visite a parte inferior e não deixe de subir as escadas e visitar a parte superior. É bem bacaninha!), a Fonte do Richard Strauss, a Michaelkirche (maior igreja no estilo Renascentista construída ao Norte dos Alpes e onde está enterrado o Rei Louco – Ludwig II, o mesmo que construiu o Castelo Neuschwanstein), o Museu de Caça e Pesca.

Vire a esquerda bem no Museu de Caça e Pesca, você verá um Javali e um Bagre bem na porta dele. Continue caminhando até chegar na Frauenkirche (a igreja com as cúpulas de suas torres gêmeas, em verde. É um dos cartões postais da Cidade e possui belos vitrais no seu interior. Além da pisada do Diabo, é claro!)

Retorne para a rua que você estava, que agora mudou de nome e se chama Kaufingerstraße. Continue até chegar na Marienplatz. Aqui você verá a Neues Rathaus (prefeitura nova, principal cartão postal de Munique). Sugiro subir na torre e ver a cidade do alto. Outro ponto de observação é a Torre da Peterkirche (essa sem elevador, mas com uma vista mais bonita ainda).

Rathaus e Marienplatz vistas da Peterkirche.

Dica de ouro: Se você está precisando de um acesso rápido à internet, aproveite que tanto a loja Galeria Kaufhof e a Apple, que estão na Marienplatz, fornecem wifi gratuito.

Continue caminhando “reto” e passe por debaixo da Altes Hathaus (prefeitura velha), vire a direita e aproveite o Viktualienmarkt (mercado de produtos Bávaros, comidas exóticas e cerveja. Sugiro parar e saborear um Leberkässemmel (~ € 2,5) ou um sanduiche de qualquer salsicha ou pedaço de porco. Adooooro!). Se você é fã de produtos e comida italiana, não deixe de passar no Eataly. Lá é bom pra almoçar, lanchar, tomar café com doces maravilhosos e se perder na variedade de opções. Mas vá com calma porque é bem salgadinho de preço.

Retorne para a Marienplatz e pegue a rua que bordeja a Neues Rathaus pela direita (a Dienerstraße), passe pelo Marienhof (praça com um gramado, na esquerda) e siga até  a Max-Joseph Platz. Aqui você verá a entrada do Residenz de Munique e o Bayerisches Nationaltheater (Ópera de Munique).

Continue caminhando na, agora, Residenzstraße, até a Odeonplatz, onde você encontrará o Feldherrnhalle (Pórtico dos Marechais, onde Hitler foi preso em 1923, no Beer Hall Putsch) e a bela Theatinerkirche (Igreja de São Cajetan).

Feldherrnhalle no centro, com o Residenz a esquerda e a Theatinerkirche, a direita da foto.

No final dos muros do Residenz, você verá uma entrada à direita, bem na Odeonplatz, que te levará aos Jardins do Palácio, ou Hofgarten. Após conhece-lo, sugerimos que termine seu Roteiro na famosa Hofbrauhaus (aproveite e tome um Maß- um litro de cerveja, assim como Hitler, Mozart e Lenin fizeram). Fica a 10-15min de caminhada da Odeonplatz.  Mas não se esqueça do horário de retorno! 😉

Acreditamos que você leve de 3-4h até a parte externa da Hofbrauhaus (não se esqueça que lá dentro o tempo corre diferente) caminhando tranquilo e conhecendo com calma.

 

Para ter acesso ao Roteiro 2 (de um dia), clique aqui!

Deixe aqui seu comentário